SONDAGENS A PERCUSSÃO

(SPT e SPT-T)

Sondagens a percussão são investigações geotécnicas destinadas ao reconhecimento do subsolo, verificando suas camadas e os tipos de solos encontrados durante a perfuração, suas condições de resistência (metro a metro) através do ensaio de SPT e a ocorrência do lençol freático (nível d’agua).

  • As perfurações são executadas com avanço a seco, através de trado concha ou trado helicoidal, até a profundidade permitida pela resistência do terreno ou até encontrar o nível d’água e após, pelo processo de circulação de água, utilizando-se o trépano de lavagem e revestimento de 63,5mm (2 1/2”) de diâmetro nominal.

  • A extração das amostras é feita com cravação de amostrador-padrão tipo Terzaghi-Peck com 34,9mm (1 3/8”) de diâmetro interno e 50,8mm (2”) de diâmetro externo. A cravação do amostrador dá-se mediante golpes de um peso de 65 kg que cai em queda livre de uma altura de 75 cm, necessários à penetração de  45 cm do amostrador no terreno, em três etapas consecutivas de 15 cm cada.

  • O resultado do Standard Penetration Test (SPT) é denominado índice de resistência à penetração (N) e é obtido anotando-se o número de golpes necessários para cravar os últimos 30 cm do amostrador nas camadas de solo atravessadas. Os números fracionários indicam no numerador o número de golpes e no denominador a penetração correspondente em centímetros.

1/6
  • A cravação do amostrador-padrão é interrompida antes dos 45 cm de penetração sempre que ocorrer uma das seguintes situações:
    a)    em qualquer dos três segmentos de 15 cm, o número de golpes ultrapassar 30;
    b)    um total de 50 golpes tiver sido aplicado durante toda a cravação; 
    c)    não se observar avanço do amostrador-padrão durante a aplicação de cinco golpes sucessivos do martelo.

  • Critérios de paralisação de sondagens a percussão, de acordo com a ABNT NBR 6484/2001:
    a)    Quando, em 3 m sucessivos, se obtiverem 30 golpes para penetração dos 15 cm iniciais do amostrador-padrão;
    b)    Quando, em 4 m sucessivos, se obtiverem 50 golpes para penetração dos 30 cm iniciais do amostrador-padrão;
    c)    Quando, em 5 m sucessivos, se obtiverem 50 golpes para penetração dos 45 cm do amostrador-padrão.

  • Sondagem a Percussão com Medidade Torque (SPT-T)​

    • Após a cravação do amostrador-padrão e obtido o SPT a cada metro, instala-se o adaptador para encaixe do torquímetro. Aplica-se uma torção e mede-se, através do torquímetro, o momento do torque máximo (kgf.m) necessário para romper a adesão solo-amostrador; prossegue-se a rotação até a estabilização da leitura, que fornece o torque residual (mínimo). 

© 2020 por Sondosolo Geotecnia e Engenharia. Criado por Wix.com

  • LinkedIn ícone social
  • Twitter ícone social
  • Instagram
  • Facebook ícone social